QUEM SOU

Conheça nossa história e jeito de trabalhar.

      Poucos sabem, mas sou formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo desde 2015. Porém, antes mesmo de cursar faculdade, eu já trabalhava com comunicação. Comecei em 2009, logo depois de concluir o ensino médio no ano de 2008.

      Meus primeiros passos profissionais foi em uma rádio comunitária, outorgada pelo Ministério das Comunicações, e que pertence à Associação das Mulheres de Nazaré da Mata - Amunam. Instituição que há mais de três décadas atua na luta pela igualdade de gênero, políticas sociais para crianças, adolescentes e jovens da região da Zona da Mata de Pernambuco.

       No rádio, antes mesmo de ser parte da equipe de comunicadores populares da emissora, fui um assíduo ouvinte. Sempre com participações com comentários e sugestões de temas, debates e informações que julgava necessário serem pautadas pela mídia local.

       Falo tudo isso para dizer que esse aprendizado, ainda do outro lado, me trouxe a oportunidade de, no rádio, passar por várias atividades. Lá, fui telefonista, produtor de programas sociais e jornalístico, repórter, apresentador, técnico de transmissão, que instalava os equipamentos para entradas ao vivo nas pautas e programas externos.

 

        Passados três anos dessa profunda imersão na comunicação comunitária, decidi, então, prestar vestibular para cursar jornalismo. Fui aprovado.

         Neste momento, começou uma nova trajetória. A rádio e a instituição Amunam, por meio de seus projetos sociais, culturais e ambientais, tornara-se um laboratório de muito aprendizado. Tudo que aprendia na universidade colocava em prática. Assim, se passaram longos quatros anos - 2012 a 2015.

        Dentro desse processo mútuo de aprendizado, entre teoria e prática, virei um apaixonado da atividade de Assessoria de Comunicação e Imprensa. Fotografar, escrever pautas, notas, releases, relatórios. Organizar eventos institucionais. Articular com a imprensa local, regional, espaço para dar visibilidade às ações da ONG me trouxeram uma gama de experiências.

      Uma das importantes descobertas que tive, ainda na faculdade de comunicação, é que, logo depois de concluí a formação de jornalismo, eu poderia atuar em várias atividades: no rádio, na televisão, revista, site, jornal, agências, entre outros.

      Entendendo essa possibilidade, comecei a investir na atividade de Assessoria de Imprensa, como jornalista freelancer. Atividade que também passei a dividir como jornalista no serviço público. Meu ingresso na comunicação pública, com foco no poder executivo, teve inicio em 2016.

      Compreender o papel e a importância que a comunicação pública tem para sociedade, me fez enxergar um outro lado da comunicação que desconhecia. Já são cinco anos de incontáveis aprendizados, oportunidades e novos conhecimentos.

      Passados, então, esses 12 anos, contabilizei importantes trabalhos, coberturas de eventos, festivais, projetos, além de outros trabalhos voltados à comunicação. Desta maneira, decidi que, hoje, é o dia de escrever um novo momento nesta trajetória profissional. Decidi que empreender em comunicação, com o pouco desse aprendizado e vontade de fazer as coisas bem-acabadas, com ética, respeito, seriedade, credibilidade, podem ser credenciais fundamentais para me tornar um empreendedor.

 

       Sendo assim, escrevo para dizer que, inaugura-se, hoje, aqui, neste espaço, um canal para comunicar sobre o meu trabalho e o resultados de algumas atividades ligadas à Assessoria de Comunicação e Imprensa que já realizei. Além, também, de compartilhar muitas dicas legais de comunicação para você que busca ter uma Assessoria de Imprensa para o seu evento, negócio, carreira artística, projetos culturais e sociais.